domingo, março 15, 2009

1

Ditadura da Magreza

Ontem escrevi um post sobre o aniversário da Barbie e terminei dizendo que depois delas as gordinhas não tiveram mais chances. E não tiveram mesmo! Parece cruel, mas é verdade. A ditadura da magreza esta aí: seja magra, tome diet isso, diet aquilo, passe 18h por dia na academia e principalmente não coma!

E não é difícil ver quem siga religiosamente os mandamentos da magreza! Meninas de 15 anos morrem literalmente de fome em nome de um padrão de beleza inatingível!

Celebridades constantemente são fotografadas em seus piores ângulos e depois ridicularizadas em programas de fofoca, como se quilinhos extras determinassem o talento de alguém.

Por favor, que não me entendam mal, não estou aqui fazendo apologia ao consumo desenfreado de gordura trans. Mas uma batatinha frita vez ou outra é uma delícia e eu sinto realmente muita pena de quem deixa de comer o que gosta pra estar dentro dos "padrões".

Outro dia li que o maior faturamento de uma farmácia está, pasmem, na venda de produtos para emagrecer, a área médica que mais cresce é a da cirurgia plástica estética, e pra cada 15 mulheres existe um salão de beleza.

Pra que isso?

Eu ia escrever alguma coisa sobre a verdadeira beleza aqui, mas ninguém poderia fazê-lo melhor que Nelson Rodrigues (que cá entre nós, entende tudo de mulher):

"Na "mulher interessante", a beleza é secundária, irrelevante e, mesmo, indesejável. A beleza interessa nos primeiros quinze dias; e morre, em seguida, num insuportável tédio visual. Era preciso que alguém fosse, de mulher em mulher, anunciando: — "Ser bonita não interessa. Seja interessante!".

Um comentário:

Yse Falcão disse...

Parabéns pelo artigo!!! Mto bom mesmo!!!

Postar um comentário